Principais atividades da engenharia de automação:

– Concepção de sistemas de controle e supervisão;
– Definição e especificação de equipamentos e softwares de automação;
– Desenvolvimento de programas aplicativos de controle e supervisão;
– Programação de CLP’s;
– Programação de supervisórios e IHM’s;
– Desenvolvimento de relatórios de manutenção e processos;
– Projetos de interligações e instalações;
– Padronização de sistemas de automação;
– Treinamento de equipes de operação e manutenção;
– Supervisão e implantação de projetos de automação;
– Comissionamento, testes e start-ups;
– Fornecimento de mão de obra de automação para manutenção e desenvolvimento de soluções nas dependências do cliente;
– Migração de CLP’s e supervisórios antigos ou obsoletos para novas tecnologias;
– Consolidação de fluxogramas P&I;
– Definição e especificação de instrumentação;
– Projeto detalhado das instalações de instrumentação.

Tecnologias utilizadas, entre outras:

Controladores Lógicos Programáveis:
– Rockwell (PLC Família 5, SLC 500, Micrologix, CompactLogix, ControlLogix 5000);
– Siemens (S7-300, S7-400, ET-200);
– GE;
– Schneider;
– ABB.

Supervisórios:
– Factory Talk View;
– RSView;
– WinCC;
– Citect;
– Intouch;
– iFix;
– WizCom.

Redes Industriais
– DeviceNet;
– ControlNet;
– EtherNet/IP;
– Profibus DP e PA;
– Profinet;
– MPI;
– Modbus.